Louvor a Downton Abbey

Não me é fácil gostar mesmo de uma série - tenho um gosto singular (estranho, vá) que tende a impedir que as melhores passem no filtro. A minha aversão à violência e a vontade de que seja tudo bonito, cor de rosa e romântico não permitem que me interesse por trabalhos aclamados como Breaking Bad, Mad Men ou House of Cards. Amarei para sempre Lost, mas é a única exceção ao meu perfil. É verdade que também nunca me deu para ver Gossip Girl ou Pretty Little Liars, mas estas não digo que nunca verei. 


Dito isto, uma das minhas maiores alegrias está em descobrir séries que adoro instantaneamente. Quando comecei a ver The Tudors, então no canal MOV, ainda não existia a opção on demand - ou seja, não podia gravar um episódio nem resgatá-lo entre sete dias de programação. De certa forma, isso tornava tudo mais mágico. Todos os dias da semana, acordava pouco depois das 6h e arranjava-me a tempo de tomar o pequeno almoço enquanto assistia a um novo capítulo. Foram muitas manhãs felizes e quando, no episódio final, o Henrique VIII -essa grande besta- finalmente se foi, chorei como se me tivesse morrido alguém. 


Nos entretantos vi coisas como The Borgias (oi, Cesare, foge comigo), mas só a chegada de Downton Abbey fez com que voltasse a entregar-me tanto a uma série. Downton é sobre personagens divinamente escritas e vestidos bonitos. É sobre um mundo que já não existe e que, assim como assim, existiu para poucos. Por detrás da aparência de conto de fadas, a série é brutalmente honesta - em especial no que diz respeito ao caráter pessoal e às relações humanas. 


Julian Fellowes escreveu estas personagens com tal mestria que, por uma única vez, não fui dominada pela repulsa face a um episódio de infidelidade conjugal. Quando, na temporada 5, a Cora diz ao Robert - if you can honestly say you have never let a flirtation get out of hand since we married, if you have never given a woman the wrong impression, then by all means stay away. Otherwise, I expect you back in my room tonight, permitiu-me ver as pessoas para lá de uma conduta que condeno. O mesmo aplica-se a um rol de personagens e situações: a altivez não raras vezes cruel de Lady Mary, a mesquinhez atormentada de Barrow, a apaixonada defesa da sociedade de classes, partilhada de igual modo pela Condessa Viúva e por Carson, o mordomo. As motivações de cada um são-nos transparentes, e  compreendemos todos mesmo que os achemos uns snobs ignorantes. 


Downton Abbey despede-se a 25 de Dezembro com o especial de Natal e eu não anseio pelo episódio. Enquanto estiver por ver, a série ainda não acabou. Sei que tão cedo não encontrarei outra tão perfeita, para os meus padrões, quanto esta. Acima de tudo, não estou preparada para me despedir da personagem que a Maggie Smith desempenhou de forma belíssima - the woman rocks!



[Frames retirados por mim]
Ahhh, soubessem vocês o quanto de mim há nesta frase...!

Serei a única com saudades prematuras de Downton?


42 comentários

  1. Não, não és :(
    Adorei de coração ver esta série, mas deu-me uma vontade tão grande de dar uma bofetada bem dada na Lady Mary quando ela achou que não havia mal nenhum em contar a verdade acerca da irmã, no entanto é esta sua malvadez e depois todos aqueles momentos em que a vemos frágil que torna a sua personagem tão boa. Estou mortinha por ver o episódio especial de Natal!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ah ah ah! Eu percebo que seja esse o sentimento natural, mas eu senti a mesma satisfação que ela deve ter sentido nesse momento. Não sei se isso diz mais sobre mim ou sobre a série, mas de facto acho que desde o primeiro dia a série foi escrita do ponto de vista da Mary; e isso somado a partilhar alguns traços de personalidade com ela faz com que torça sempre por essa personagem e que sinta também um bocadinho de desprezo pela Lady Edith.

      Eliminar
  2. Confesso que nunca vi esta série. Tenho amigas a crucificarem-me por tal, dizem que eu vou adorar mas ainda não tive tempo. Seja como for é claramente uma série que pretendo ver e (tal como no Breaking Bad) vou começar a vê-la depois de terminar o que significa que não terei de esperar por nenhum episódio =)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também gosto de descobrir uma série depois de já ter terminado - maratonaaaaas!

      Eliminar
  3. Adorei os Borgias e do que vi dostei da Donwtown Abbey. Esta senhora faz um papel fabuloso.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também gostei dos Borgias, apesar de a última temporada parecer ter sido escrita por um louco. Se gostaste da série, vais adorar este artigo (poucas coisas na Internet me fizeram rir tanto): https://circetta.wordpress.com/2013/05/28/top-10-most-ridiculous-things-to-ever-happen-on-the-borgias-and-theyre-all-from-the-latter-half-of-its-third-season/

      Eliminar
  4. Ora aqui está um série que entre as mil e quinhentas que eu vejo, não faz parte da minha lista. Quero ve-la, um dia mais tarde quando puder ter todo o tempo do mundo para ela, e depois de ler o que aqui escreveste, a curiosidade tornou-se imensa :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, é mesmo preciso tooodo o tempo do mundo, considerando que alguns episódios chegam a ter 1h30. Mas é tão bom!

      Eliminar
  5. Adorei The Tudors, aquele Jonathan Rhys Meyers tem quê que muito me atraí, mas a trama também é maravilhosa.
    Agora Downtown Abbey nunca vi. Sim, é um sacrilégio uma vez que toda a gente diz que a serie é maravilhosa, mas até agora nunca vi. No entanto, está na lista de series para ver no novo ano =)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aiii, não acho piada nenhuma ao Jonathan Rhys Meyers, e a semelhança com o Henrique VIII era nula. Fisicamente, o Damien Lewis - que interpretou a personagem na mini-série Wolf Hall- era mais adequado.

      Eliminar
  6. Desde que a série estreou que fico sempre num impasse. Por um lado quero vê-la por outro acho sempre que vai ser aborrecidíssima tendo em conta a premissa. Agora que vai terminar, talvez ceda e faça uma maratona, nem que seja pela Maggie Smith :)

    Ricardo, The Ghostly Walker.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pode ser aborrecida, sim. Depende muito. Lembra-te que é mais uma novela que uma série, porque o foco é nas personagens e suas relações. Mas eu adoro <3

      Eliminar
  7. I liked the series and how the plot was written.

    xo
    http://thepinkporcelaindoll.blogspot.ro/

    ResponderEliminar
  8. Oh, esta série é tão perfeita... também estou com pena que vá acabar, por isso ainda não comecei a ver a última temporada =P ando a adiar o inevitável!

    ResponderEliminar
  9. Também segui Borgias (tive imensa pena que a série tivesse sido cancelada) e Downton Abbey.
    Porém, achei a temporada pré-guerra bem mais bonita que as seguintes. Mas a vida é assim mesmo, e nem por isso deixei de ver a série. É daquelas que se entranha, e bem, no nosso quotidiano :)

    um beijinho*
    Dreams and Lemonade

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A sério? Por acaso esta foi uma das poucas séries em que não notei um decréscimo na qualidade (que acontece TANTO!). O último episódio, antes do especial de Natal, foi o que mais gostei em toda a série <3

      Eliminar
  10. Eu também sou muito esquisita com séries, muito mesmo... Daí continuar fiel a Grey's Anatomy e a Criminal Minds...sim são antigas e é sempre mais do mesmo mas eu gosto!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Grey's Anatomy já não consigo mesmo... Eu costumo ser muito fiel às coisas que outrora gostei, Grey's foi mesmo a única série em todo o sempre a que disse ENOUGH! =p

      Eliminar
  11. Eu sei muito boas coisas sobre essa série mas ainda não consegui vontade de começar a vê-la. Sou um bocadinho díficil de agradar e normalmente gosto de seguir as que já estou a ver e depois dedicar-me a uma série tão "grande" como essa parece ser!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também sou difícil de agradar, mas devo ter gostado desta desde o primeiro segundo!

      Eliminar
  12. Nunca vi essa série! Mas a curiosidade é sempre muita. E agora com o que escreveste, mais ainda! O problema é que eu não me apego muito a séries... Não sei porquê, não é tão 'a minha cena' :p
    xoxo, Ana

    The Insomniac Owl Blog
    Giveaway - Vale 25€ Kiko

    ResponderEliminar
  13. Downton Abbey é das séries mais bonitas de sempre, adoro tudo nela e parte-me o coração saber que vai acabar. No geral sou grande fã de séries que representem épocas que não vivi. Por isso adoro Mad Men também. E não acho que seja violenta, mostra bem a evolução da importância da mulher num mundo só de homens. É das coisas em comum entre essas séries que mais gosto :p

    Venus In Fleurs
    Giveaway - The Porefessional by Benefit

    ResponderEliminar
  14. Adorei, com todas as forças do meu ser, The Tudors. Para mim foi das melhores séries de TODO O SEMPRE! x

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também eu! Pode ser muito incorreta em termos históricos, mas who cares.
      Hás-de ver Wolf Hall =)

      Eliminar
  15. Eu adoro Downtown Abbey e ainda não me mentalizei que esta é a ultima temporada :(

    bjs

    TricotdaTicha

    ResponderEliminar
  16. Ainda não vi mas há que tempos que quero ver. Adorei o teu post. Inspirou-me a mergulhar no universo Downton Abbey.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh obrigada! Foi mesmo um post para evangelizar, ah ah!

      Eliminar
  17. eu séries é mais anatomia de grey, ADORO! Sou viciada e como está parada estou em ressaca

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Outrora fui fiel a Grey's Anatomy, mas já não há paciência =P

      Eliminar
  18. Confesso que nunca vi mas tenho imensa curiosidade!
    xoxo
    BLOG // FB PAGE

    ResponderEliminar
  19. Percebo-te! Custa-me crer que depois do natal nunca mais vou ter episódios fresquinhos de downton para ver a beber o meu chá :( ahah. Gosto muito mesmo! Das minhas séries favoritas. Mas pronto, é a diferença entre as boas e as más séries. Quando a história acaba, acaba mesmo, não se põem a inventar coisas sem jeito para engonhar (tipo pretty little liars). Também adorei Tudors! <3
    The Fancy Cats

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahh, Downton e chá! Estou contigo! As temporadas iniciavam durante o outono e inverno e nestes últimos anos habituei-me a ansiar por esses meses para ver Downton Abbey, toda equipada com manta e chá ou cappuccino. Já tenho saudades. Mas concordo, outro exemplo (nunca vi PLL) é Grey's Anatomy, que já acabou há muuuuuito tempo, eles é que não percebem =P

      Eliminar
  20. ouço muitas vezes falar, mas nunca vi!

    ResponderEliminar
  21. Tenho o mesmo problema! Eu adorava descobrir uma série que me despertasse atenção e que conseguisse fazer com que eu ficasse viciada nela ahaha. De todas as que tento ver, nenhuma me parece interessante. Gostei da sugestão, vou ver se é desta ahahah.
    Segui! :)
    Beijinhos
    http://universodamarta.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  22. já tenho saudades! há quem diga que os voltaremos a ver no cinema. Olha já viste 2 broke girls?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. No cinema, a sério? Morria! Também houve planos para finalizar The Borgias (que foi cancelada) no cinema, mas acabou por não acontecer =(

      Não vi 2 Broke Girls, mas reparei que dá na FoxCom! É gira?

      Eliminar
  23. Posso admitir que esta foi a única série a que me dediquei na minha vida! Não sou muito de séries, mas nesta tudo me chamou à atenção, desde o cenário, à música, às roupas, magnífico!

    http://seculovintage-cff.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  24. Apesar de adorar algumas séries ditas violentas, não há NADA como Downton Abbey. Foi uma tristeza chegar ao final, apesar de o ter adorado também (a Lady Edith já merecia!), mas agora fica sem dúvida um "vazio". Mas... boas notícias, li numa revista que estavam a pensar começar uma nova série do antes de Downton Abbey, com a Cora, o Robert e outros mais novos. Vamos fazer figas para que funcione :)

    E Tudors, o que me foste lembrar agora! Sou viciadíssima nessa parte da história inglesa, vejo e leio tudo o que tem o Henrique VIII lá no meio. Que boa série essa também era!

    Por último, a partir do teu comentário, tentei chegar a este post e pelo meio li TUDO o que escreveste. Parabéns pelo blogue, escreves maravilhosamente e tens óptimo conteúdo. Digo-te, fiquei fã! :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tão querida! Obrigada pelo teu comentário <3

      Se gostas dessa época histórica recomendo-te a minissérie Wolf Hall. Mas suponho que já conheças ;)

      Eliminar

© Kill Your Barbies. Design by Fearne.