A minha história com a acne

Disse aqui que faria um post detalhado sobre o meu processo para me livrar da acne, e cá está ele. Foi um caminho longo e frustrante, mas que podia ter sido muito mais curto e eficaz se tivesse feito, ao início, a coisa sensata - consultar um dermatologista. Durante um ano tentei várias soluções (sempre motivadas pelas pesquisas que ia fazendo) e a minha acne passou por diferentes fases, com tendência para piorar. Duas semanas depois da consulta com o especialista já não tinha acne, e continuo assim. Nem todos os casos se resolvem tão facilmente, mas se têm borbulhas de forma constante e persistente, vão ao médico. Poupam tempo, paciência, dinheiro e - o mais importante - a vossa pele. 


A minha acne desenvolveu-se já depois da adolescência. Antes, tivera apenas as ocasionais borbulhas. Comecei por ver surgir pequenos altos na zona das maçãs do rosto - como pequenas borbulhas, não inflamadas e sem cabeça, cujo nome é comedão. Na altura, raramente tinha uma borbulha ativa mas os comedões arruinavam o aspeto geral da minha pele. Tentei VÁRIAS coisas: o sistema de três passos da Clinique, que não resultou comigo e que me irritou a pele, vários óleos (jojoba, tea tree e bergamota), a máscara desincrustante da Nuxe e um rol de remédios caseiros, todos aplicados sobre a pele: limão, leite, bicarbonato de sódio. Usei também, durante todo o processo, o creme de tratamento acneico da Lutsine. Algum destes produtos terá feito com que a maioria dos comedões evoluísse para borbulha, e passei a ter sempre duas ou três ativas. A minha acne não era terrível  (e nunca chegou a afetar o queixo e a testa), mas bastam algumas borbulhas para a pele se assemelhar a uma zona de combate.


Os óleos de jojoba, tea tree  e bergamota.




Quando finalmente ganhei juízo e consultei um dermatologista ele começou por excluir a hipótese de se tratar de acne hormonal -nesses casos é normalmente recomendada uma pílula- e receitou-me o Epiduo (para mim, a melhor invenção depois da Coca-cola), que é um composto de Peróxido de Benzoílo (bactericida e anti-inflamatório) e adapaleno, que atua principalmente sobre os comedões. Não deve ser usado sem recomendação médica porque agride muito a pele, especialmente ao início - tive que começar por aplicar gradualmente até aguentar a posologia diária- mas o efeito foi brilhante. Os comedões foram-se, as borbulhas idem. Continuo a usá-lo a cada três dias e não arrisco largá-lo. Nunca cheguei a saber quais as causas da minha acne. O especialista disse-me que se o Epiduo não resultasse tentaríamos medicação oral, que não foi necessária. Hoje acho muita piada a esta batalha idiota em que me agarrava a qualquer tratamento na esperança de encontrar a cura milagrosa, mas na altura não achei tanta graça. Por isso, se sofrem de acne, não há outro conselho senão este - VÃO AO MÉDICO!


O Epiduo custa cerca de €35 e uma embalagem deve ser substituída ao fim de seis meses.




34 comentários

  1. Disseste tudo muito bem. Em casos destes, o melhor é mesmo não nos armarmos em espertas e consultarmos o médico! Até porque nunca sabemos se não estamos a piorar a situação.

    Jiji

    ResponderEliminar
  2. Concordo completamente. Tem mesmo de se ir ao médico!
    Também fiz tratamentos durante muitos meses, inclusive um em que a pele da cara me caía tipo escamas, comecei a pílula (a minha acne era hormonal), fiz mil e um cremes, e há anos que não me aparece uma única borbulha :')
    Todo aquele longo processo valeu a pena!
    Fico feliz também por ti :) Eu também não largaria o Epiduo :P
    Os remédios caseiros também nunca resultaram comigo, nem as máscaras, nem nada. Por isso concordo a 100% que a solução seja ir ao dermatologista :)

    um beijinho*
    Dreams and Lemonade

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahaha! Desculpa, mas a pele cair em escamas é muito bom =P
      Que tortura!

      Eliminar
  3. Normalmente a acne também é resultado do nosso regime alimentar :) retirar a proteína animal da nossa alimentação e beber muita água resolve a 100% o problema. A questão é que nem toda a gente está disposta a isso :) mas para mim foi remédio santo.
    Nunca mais tive nem uma borbulha.
    Beijinho*

    http://nuancesbyritadias.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu já era vegetariana há pelo menos dois anos quando a acne apareceu, por isso não será solução para toda a gente. Mesmo o Epiduo não trata qualquer acne; é mesmo questão de encontrarmos o que resulta para nós.

      Beijinho!

      Eliminar
    2. Cada caso é um caso e em muitos deles a alimentação não influencia em nada, no limite pode contribuir para agravar ou atenuar.
      Quando o problema é hormonal não há nada a fazer a não ser tomar medicação oral.

      Eliminar
  4. Tens razão, é sempre melhor ter uma opinião profissional! Beijinhos :)

    NINETEEN MOONS

    ResponderEliminar
  5. A acne surgiu-me aos 24 anos, foi horrível. Eu nem experimentei nada, fui logo a uma dermatologista, ela disse-me que era o chamado "acne tardio", que é muito pior comparado ao acne que surge na adolescência. Na altura, ela receitou-me logo medicação para cima: isotretinoína. Na altura achei estranho, ela nem experimentou mai nada, foi logo para a medicaçao. Mas fiz reação, comecei a ter palpitações e ardor no corpo, então ela reduziu-me a dose mas eu chateei-me com aquilo. Entretanto fiquei grávida 1 mes depois de ter deixado a medicação e nunca mais tive borbulhas. Agora, após o parto, de vez em quando lá aparece uma ou outra, dessas que falas, sem cabeça.
    Enquanto aparecer e desaparecer tá tudo bem, se a coisa continuar, volto à dermatologista, mas a outra porque aquela deixou muito a desejar.

    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pelo que o dermatologista me disse, a medicação só deve ser prescrita quando o tratamento cutâneo não resultou. Mas ainda bem que a tua passou naturalmente :)

      Eliminar
  6. sem dúvida quando a acne presiste o melhor é ajuda profissional, infelizmente são produtos que não têm compraticipação e tornam-se bastante dispendiosos,, eu consegui resolver com o clean&clear mas tinha que limpar a pele constantemente e deixar de usar repas porque a pele não respirava e ficava com imensas borbulhas,,
    beijinhos
    http://belezademulheremae.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  7. fiz um tratamento para a acne também, mas envolvia uma quantidade imensa de cremes da avene que o dermatologista me receitou, mas era acne juvenil. Na altura resultou. Passado uns anos regressou e o dermatologista queria que eu fizesse medicação oral, mas não fiz, confesso... A acne acabou por ir desaparecendo e agora só costumo ter mais borbulhas se abusar do chocolate ou na altura do período

    ResponderEliminar
  8. obrigada pelo teu comentário <3
    há uns aninhos também tinha acne, não era muito mas como os meus pais não são especialistas, levaram-me a um dermatologista e resolveu-me o problema. sem dúvida que é a melhor opção :)

    www.pinkie-love-forever.blogspot.com

    ResponderEliminar
  9. Eu também já tive acne, mas foi mesmo durante a adolescência. Na altura, fui a um dermatologista e ele receitou-me uns produtos que ajudaram imenso. Agora só me aparecem borbulhas quando abuso nos chocolates e desde que comecei a beber 1,5 a 2 L de água por dia e deixei de comer carnes vermelhas notei uma melhoria significativa na minha pele.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também tenho notado que beber muita água melhora a pele, mas no meu caso ajuda só com o aspeto geral, não com a acne. Bons hábitos de sono também fazem maravilhas.

      Eliminar
  10. Quando foste sensata a situação resolveu-se.

    ResponderEliminar
  11. Tirando a borbulhinha ocasional, só tive acne na adolescência, o que acabou por ser uma sorte. Por outro lado, a minha irmã tem 30 anos, tem acne e por muito que eu lhe sugira para ir ao dermatologista ela vai sempre adiando. Vou ter de lhe mandar este post para ver se ela ganha juízo!

    http://venus-fleurs.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  12. Acne é terrível. Também apareceu-me depois da adolescência mas não é nada de mais, por agora, mas o melhor mesmo é sempre ir ao médico! :)

    ResponderEliminar
  13. Felizmente nunca tive problemas com acne, mas tenho muito a mania de ver tudo e mais alguma coisa na internet... Esta é uma das provas que quando algo não está certo o melhor é mesmo ir ao médico
    Kisses,
    Messy Hair, Don’t Care | Giveaway Zara 25€ Gift Card

    ResponderEliminar
  14. Infelizmente também tive muitos problemas com a acne (mas mais na adolescência). Na altura fui ao dermatologista mas com o que me receitava, nada resultava... Decidimos avançar para a medicação oral. Tomei cerca de uma semana mas fiquei tão doente que deixei o medicamento.... e de ir ao dermatologista. Passado uns anos, já com 19/20 anos voltei a um dermatologista diferente que me receitou um creme mais abrasivo, o differin. Ajudou um pouco, mas de vez em quando ainda aparece uma ou outra.

    Se esse epiduo funciona assim tão bem para ti, aproveita, não o deixes :)
    Quem me dera que me tivessem receitado um que funcionasse tão bem assim para mim :P

    ResponderEliminar
  15. Acho que nestes casos uma opinião profissional é sempre importante.

    ResponderEliminar
  16. Escreveste um post muito bom...sobre o tema nada tenho a dizer porque nunca tive esse problema, nem sequer na adolescência :).
    Beijinhos.

    misscokette.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  17. Também sofri muito com o acne, a adolescência foi muito complicada ahah a minha salvação foi mesmo a pílula, melhorou e muito a minha pele!

    Um beijinho,
    http://guiltypleasureeeee.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  18. O acne surgiu ainda não devia ter 15Anos... Apesar de quase 15anos depois estar bem melhor, continuo a passar os maiores tormentos com as borbulhas! Mas parece que até me caiu a ficha agora a ler o teu post! Às vezes o melhor é mesmo consultar um médico e acho que é isso que eu vou fazer... Apesar de já ter feito um tratamento em tempos (na base da pílula) que atenuou e melhorou aquelas borbulhas internas e aquelas gordas e vermelhas. Mas a verdade é que nunca fiquei totalmente bem!
    Obrigada pelo post.

    Beijinhos,
    Joana*

    ResponderEliminar
  19. Eu tive algum acne na adolescência, nada de dramático, mas para mim na altura insuficiente para arrastar a minha mãe comigo ao dermatologista. Receitou-me um creme, que já não me recordo o nome, mas funcionava bem. Agora o meu problema sério são os poros super dilatados. A verdade é que a alimentação e hidratação ajudam, mas é preciso acompanhamento sempre.

    ResponderEliminar
  20. Realmente nestas situações o melhor é mesmo consultar logo um profissional. Ainda bem que encontras-te solução! :)
    R: Sim realmente das últimas vezes tenho tirado sempre as fotos àquela hora hehe.
    beijinhos
    The Fancy Cats

    ResponderEliminar
  21. Nádia, fiquei curiosa: aplicas de três em três dias o epiduo sobre todo o rosto? (Pergunto porque também já usei um gel com peróxido de benzoílo e, por ser muito agressivo, o modo de utilização era mesmo só sobre as zonas afectadas.)

    Um beijinho :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Sílvia! Sim, aplico em todo o rosto, até porque agora tenho a pele limpa e uso-o como prevenção (já tentei abandonar mas reparei que começavam a aparecer algumas borbulhas, por isso continuo). Ao início era de facto muito agressivo, mas a pele habitua-se e deixamos de ter efeitos secundários (pele irritada, escamações). Talvez o que usaste tivesse uma maior concentração de peróxido de benzoílo.

      Beijinhos e bom fim-de-semana!

      Eliminar
  22. Muita gente arrisca em produtos de baixa qualidade sem sequer se aconselharem com um especialista e acho isso muito imprudente pois nem tudo o que se vende em supermercados é o mais indicado para a nossa pele. Eu, por exemplo, tenho imensas alergias e pele muito seca por isso tenho de ter alguns cuidados acrescidos e não posso usar qualquer creme ou gel de banho. Nunca sofri com acne mas sei de quem sofreu bastante e usar produtos de terceira sem aconselhamento só as fez piorar :s

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. No meu caso não eram produtos de supermercado (bom, à parte do bicarbonato de sódio e afins, ahah), só não eram suficientemente agressivos para a minha acne.

      Eliminar
  23. Arrepiei-me só de ler a quantidade de coisas que usaste para resolver esse problema, o que poderia ainda fazer pior, como dizes o melhor mesmo é ir ao dermatologista em vez de consultar o dr. Google (eu sou suspeita nesse aspeto ahahah).

    R.: Fico feliz por teres gostado de fazer o teu curso (não que eu não goste, mas tenho mesmo muita "palha" para aprender entre as coisas que me dão gosto saber ^^) Qual foi o curso que fizeste ?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahah, acho que até usei mais, só não me lembro de todos.

      Estudei Antropologia :)

      Eliminar
  24. Eu não sofro de acne, mas tenho um problema chamado rosáceas que também só melhorou quando fui à dermatologista, portanto percebo bem essa luta!

    Blog: http://fiftyshadesofpink.blogs.sapo.pt/
    Instagram: @sarafqueiros

    ResponderEliminar
  25. Eu comecei a semana passada a fazer um tratamento que a minha médica de família de disse: Um comprimido de doze em doze horas e um produto qualquer para meter na cara. Espero que resulte porque estou farto das borbulhas que me consomem a cara todos os dias. =P

    ResponderEliminar
  26. Durante a adolescencia nunca tive acne, so apareceu ja em adulta. Durante algum tempo andei a gastar dinheiro em cremes e porcarias que nao ajudavam em nada, ate qu cheguei a um ponto em que ja estava desesperar com tanta borbulha que decidi ir a um medico. Receitou tambem peroxido de benzoilo, mas de outra marca, e um antibiotico (as duas coisas nao chegavam a 15€ - e nao era comparticipado - e davam para cerca de 2 meses). Em menos de um mes ja via uma diferenca brutal. Agora so uso o peroxido de benzoilo e o antibiotico como sos, lavo a cara com sabonete (nunca, nunca, nunquinha com gel/creme, mesmo que seja para peles oleosas, fico logo com borbulhas) e creme da Clinique ou da La Roche-Posay.

    ResponderEliminar

© Kill Your Barbies. Design by Fearne.