Pelo fim dos bigodes de gato



Não me atrai o Carnaval do Rio. O samba, os desfiles intermináveis, as senhoras semi-nuas a abanar o rabiosque não são algo a que tenha vontade de algum dia assistir. Por conseguinte, facilmente se adivinha que o Carnaval português, que na sua maioria é o parente pobre do brasileiro, tem para mim interesse nulo. Mas gosto muito de máscaras, de disfarces (e por isso o Carnaval de Veneza é MUITO mais a minha cara), de reproduzir uma imagem que me seja de alguma forma querida. Ando há anos a sonhar com um disface de Odile, o cisne negro do bailado O Lago dos Cisnes, mas quando penso nos elementos necessários (tiara, corpete, plumas, brilhantes, tutu, sapatilhas de pontas) desanimo. Com as coisas que levo a sério (e levo os disfarces muito a sério!) prefiro fazer bem ou não fazer de todo. Palavra de honra que nunca hei-de recorrer ao truque de pintar uns bigodes e dizer que estou mascarada de gata. Há, no entanto, disfarces muito mais fáceis de criar que o de cisne negro. E, como ainda faltam largos dias para o Carnaval, deixo aqui as minhas sugestões, que estão a tempo de reproduzir (sim, é uma tentativa desesperada de banir os bigodes de gato): 


 - Sandy (Grease): Umas leather pants pretas, justas e de cintura subida, top preto off-shoulders, sandálias altas vermelhas e casaco de cabedal. Se tiverem um John Travolta podem vesti-lo de Danny e obrigá-lo a passar montes de gel (ainda se vende brilhantina?) no cabelo;


- Corpse bride: Neste, o segredo está em conseguirem tornar-se assustadoras. Só precisam de um vestido branco comprido, um pedaço de tule para o véu, sapatos brancos e um ramo de flores mortas/secas. Sujem e rasguem partes do vestido e do véu e maquilhem toda a pele que estiver à mostra com um tom branco-acinzentado; 


- Anjo: Quero disfarçar-me assim desde a primeira vez que vi o Romeo+Juliet do Baz Luhrmann. Tal como para o anterior, precisam de um vestido branco comprido e sapatos da mesma cor e, adicionalmente, umas asas. No filme, a Claire Danes tinha uma espécie de auréola feita com o cabelo, que é também fácil de reproduzir;


- Holly Golightly (Breakfast at Tiffany's): O look da cena de abertura de Breakfast at Tiffany's é o mais icónico associado à Audrey Hepburn. É, também, bastante simples - um vestido preto básico de corte direito, um colar de pérolas, uma pequena tiara de brilhantes, luvas pretas pelo cotovelo e saltos pretos; 


-  Flapper: O meu favorito entre os cinco. Tem elementos semelhantes ao anterior, mas é muito mais divertido. A peça-chave pode ser um vestido como o da imagem, mas também é possível optar por um que seja preto e simples (desde que de cintura descida) e apostar nos acessórios: colares compridos, luvas altas, cabelo ondulado e apanhado, etc. Desde que saibamos as bases do visual podemos brincar com os detalhes sem sair do estilo pretendido.



Costumam celebrar o Carnaval? Conhecem algum disfarce fácil de recriar que queiram acrescentar a esta lista?



49 comentários

  1. Belas ideias! Fiquei tentada com a da Audrey - este ano comprei um vestido assim e nem me lembrava disso, e sendo ela o ícone que é, merece a homenagem! O ano passado fui, com o meu namorado, à la parisienne! Saia midi de pregas, camisola às riscas, casaco vermelho, boina na cabeça, baguete num braço e cãozinho de peluche no outro ahah :p não fui de it girl, fui mais para o estereótipo :)

    Jiji

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ohh, tão giro! Foste mesmo ao detalhe, baguete e cãozito incluídos!

      Eliminar
  2. Há anos mascarei-me de anjo. Eu fiz as minhas asas....enormes!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não sei se teria essa habilidade. Ou melhor, sei que não tenho =P

      Eliminar
  3. odeio, mas odeio profundamente o Carnaval. Acho uma deprimência. Mas, de facto, faço uma excepção para o de Veneza. Esse sim tem imensa classe!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahah, percebo-te tão bem! Também acho o Carnaval pelas ruas uma coisa assustadora. Mas um baile de máscaras é diferente.

      Eliminar
    2. Eu acho que uma coisa não tem de invalidar a outra.
      Adoro um cortejo de carnaval com mensagens e sátiras. Adoro a folia e que possam deixar as pessoas descontrair. Ainda mais em portugal, somos um povo muito preso, meio carrancudo. O carnaval não cura isso(até porque alguns que o celebram depois continuam carrancudos e judgemental) mas pode ajudar o povo a relaxar e desligar um pouco das suas aflições. Depois tem os que pensam que é uma raive e se «desinibem» ao ponto de ficarem patéticos... Mas esses fazem-no em qualquer lugar e circunstância. Festas temáticas tb não são muito comuns por cá, pelo menos entre adultos, o que é uma pena. Nos EUA e no Brasil as pessoas aderem mais a este tipo de festa. Por isso defendo o Carnaval e acho que portugal ainda o ter é-lhe benéfico. Se bem que não tenho ilusões: Fazem-no por dinheiro

      Eliminar
  4. Eu gosto de carnaval em qualquer parte do mundo! Desde que esteja +/- quentinho, para mim o carnaval é isso. Nunca fui nem ao de Veneza nem ao do Rio mas quero muito! Talvez um dia , quem sabe.

    Um beijinho,

    Sorvete de Framboesa
    Sorvete de Framboesa Facebook

    ResponderEliminar
  5. Eu também gosto mais do Carnaval de Veneza! Ótimas ideias para disfarces :)

    ResponderEliminar
  6. Também não consigo achar piada a esta adaptação de um Carnaval "abrisileirado". Ao menos o do Torres Vedras é tipicamente português. Já o Carnaval de Veneza, esse é outro nível :P Gostei muito da sugestões! :D
    Beijinhos ❤
    MY FASHION ODYSSEY

    ResponderEliminar
  7. Adorei as sugestões :) Adorava mascarar-me de cisne negro , mesmo fabuloso e lindo
    beijinhos

    NP: http://sarameirelesthesnowwhite.blogspot.pt/2016/01/the-right-lingerie_29.html

    ResponderEliminar
  8. O samba e aquele Carnaval brasileiro não é para mim... mas Veneza, uau!!!

    ResponderEliminar
  9. Não costumo festejar com disfarces mas adoro o espírito:) Adoro o cisne negro:):)
    Muitos beijinhos
    elisaumarapariganormal.blogspot.com

    ResponderEliminar
  10. Eu não tenho paciência nenhuma para o Carnaval. E quando tinha, arranjava sempre um disfarce com o que tinha em casa (desde que sou uma pessoa consciente que gastar dinheiro em fatiotas de carnaval me parece impensável). E sinceramente acho que é preciso muito mais criatividade para nos safarmos com o que temos no armário (ou no armário da mãe, principalmente quando esta viveu a moda dos anos 80 e 90 ao rubro, haha) e os resultados podem ser mesmo giros :) Mas sim, o Carnaval de Veneza é daqueles em que adoraria participar. É mais misterioso, mais bonito!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu não consigo fazer a totalidade de um disfarce com o que tenho em casa, é sempre preciso comprar algumas coisas. Mas sim, fica muito mais giro que os fatos mais baratos que se vêem nos hipermercados, todos com aqueles tecidos horrendos...!

      Eliminar
    2. Concordo. Há algo mágico nos simples bigodes de gato. Algo mágico em cuscar o que se tem em casa e oque se pode fazer por isso. E gosto da simplicidade do gesto de uns simples bigodes porque, mostra que a pessoa reconhece a data, consegue brincar com ela. Acho que num escritório de trabalho ia ter piada se uns e outros andassem assim. (dependendo do escritório e das pessoas). Tenho pena por o carnaval estar a perder força em Portugal. Pelo menos eu não o celebro faz décadas. Até gosto mas ninguém se mascara e já se tornou raro inclusive ver crianças mascaradas. Excepção feita para idas aos centros comerciais, aí são "às carradas"

      Eliminar
  11. Ótimas sugestões!!! Tenho pena que na minha terra não se viva tanto o carnaval como noutras e acabo por não me mascarar com medo de ser a única...

    http://fashionunderconstruction.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  12. Sendo uma amante assumida de musicais adorei as tuas sugestões, e há imenso tempo que me quero vestir de Sandy!
    http://annesperks.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  13. Não sou fã do carnaval, muito menos do que se chama ao carnaval portugues de hoje em dia; prefiro, como tu, o de Veneza - o glamour!! Agora cá pessoas despidas e homens a acharem que vestir um saltos altos é disfarce não mete piada nenhuma!

    beijnho,

    Marlene,
    McTBeauty: http://mctbeauty.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  14. Se na altura falei dos "disfarces" ridículos de Halloween à base de bigodes de gato, escusado será dizer que o mesmo se aplica agora haha. Também nunca achei piada nenhuma ao Carnaval e embora goste da ideia de me mascarar, é como dizes "prefiro fazer bem ou não fazer de todo". Dos cinco exemplos já vi o da Corpse Bride em pessoa e digamos que a coisa não correu muito bem. O da Holly Golightly é o meu predilecto, se bem que ainda assim, preferia o Black Swan :)

    Ricardo, The Ghostly Walker.

    ResponderEliminar
  15. Eu não ligo ao Carnaval, é uma época que me passa completamente ao lado. Tal como tu, o único Carnaval que me desperta alguma curiosidade e interesse, e no qual era capaz de pôr os meus pezinhos, é o Carnaval de Veneza, precisamente pelas máscaras lindíssimas e por toda aquela atmosfera de mistério!

    ResponderEliminar
  16. Ri-me imenso com a ideia da Sandy e do Danny, não sei se não vou experimentar xD
    E as máscaras de Veneza são lindas! Gostava imenso de lá voltar na altura do Carnaval, deve ser mágico

    ResponderEliminar
  17. Sou exatamente da mesma opinião. Gosto imenso de me mascarar, mas tal como tu, só se for bem feito.
    Gostei das tuas sugestões e do post em si.
    Beijinhos

    A Boémia Catita Blog

    ResponderEliminar
  18. Eu AMO o Carnaval. O nosso, porque o do Brasil nem na televisão.
    E sim, também desprezo as pessoas que fazem isso dos bigodes. Prefiro ir "normal".
    kiss na cheek

    ResponderEliminar
  19. Eu não sou de todo fã do Carnaval, nunca liguei muito mas pronto sempre acabo por me mascarar se for a alguma festa ou assim. Estou a pensar fazer um post com disfarces rápidos no meu blog!

    Um beijinho,
    http://secretsofablondie.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  20. Tal como tu, prefiro o carnaval em Veneza =)

    ResponderEliminar
  21. Não ligo ao carnaval nem à passagem de ano, são duas festas que não me dizem nada, mas até acho o caranaval de veneza muito elgante e charmoso :).
    Beijinhos

    misscokette.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  22. Também confesso que sou bastante mais fã do Carnaval de Veneza que o do Rio! Mas confesso que adoro o Carnaval, adoro mascarar-me mas também ou é uma coisa bem feita ou então não vale a pena. Nada de bigodes de gato... ahaha
    Gostei das ideias de Corpse Bride e Flapper! Também acho giro e é super fácil de concretizar ir estilo Madonna anos 80.

    Beijinho,
    Lau
    http://www.lscrapbook.com/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois é! Como não sou grande fã da Madonna nem me lembrei.

      Eliminar
  23. Aaaaah, confesso que já fiz essa preguicite dos bigodes de gato! :p Mas gosto muito de máscaras mais elaboradas, a ideia do cisne negro é o máximo...mas difícil, de facto! Gostei das sugestões, a Sandy funciona sempre bem!

    beijinhos, Nádia
    My Fashion Insider

    ResponderEliminar
  24. Qual o mal dos BIGODES DE GATO?
    Abaixo o preconceito, rsss!
    Se não gostas do carnaval do Rio acho até que devias ser mais receptiva aos Bigodes de Gado. Porque eles são, no mais puro estado, a essência do Carnaval. É a BRINCADEIRA. A FANTASIA, essa já é mais fato completo, mais coisa "instintucional", formal, comercial. Sim, porque o Carnaval está cada vez mais comercial e menos genuíno, menos BRINCADEIRA E DIVERSÃO. No brasil só existe com samba e todos têm de dançar. Em portugal existe como as pessoas quiserem, é livre. Eu adoro o carnaval SATÍRICO, adoro ver um grupo de amigos na pândega, a brincar mas sem desrespeitar quem possa não querer entrar na brincadeira. ADORO O HUMOR dos foliões. Gosto da criatividade e da imaginação. Esse rigor no DISFARCE, como referes, ou «tudo ou nada» até tem muito mais a ver com o conceito carnavalesco do carnaval Brasileiro. A perfeição, o querer sumplantar o outro, o ter cada pedrinha, cada pluma no lugar... O carnaval de portugal é descontraído. Pelo menos devia ser e devia-se preservar as MUITAS tradições que são tantas e tão diferentes pelas regiões.

    A minha lista de «disfarces/fantasias/máscaras» vai muito além dessas, é extensa, tenho sempre imensas ideias, rsss. Presentemente a preferência pelo humor e pela sátira faz com que nenhuma das descritas surta algum tipo de atracção. Também entendo esse prazer de se mascarar (eu uso este termo) com rigor como se fosse uma fantasia de moda, para defile de moda ou para encarnar uma PERSONAGEM. Também acho fixe. Mas prefiro a liberdade criativa dos «bigodes de gato» rsss :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sou mais pela fantasia que pela brincadeira, de facto. Não gosto, aliás, do Carnaval das ruas, dos foliões. Gosto de disfarces, e calhou falar deles agora porque as festas/bailes de máscaras são mais comuns na altura do Carnaval.

      Eliminar
  25. Gosto muito da ideia de ir de Sandy! Mas o meu cabelo não dá para isso e usar uma peruca é impensável, não dá para dançar haha.
    Para mim Carnaval é ir para a noite com os amigos, com disfarces engraçados e dançar e rir-me com a originalidade das outras pessoas, não ligo nada para sambas e isso.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O meu cabelo também não dá, mas como gosto de ficar quietinha posso usar peruca =P

      Eliminar
  26. Apoiada! Adeus bigodes de gatos ou acessórios de cabelo com orelhas! x)
    Excelentes dicas :)

    ResponderEliminar
  27. Sou do Rio de Janeiro, mas detesto o Carnaval. Acho lindo os bailes de antigamente
    Seguindo o seu blog
    http://meuestiloe.blogspot.com.br/
    Bjus

    ResponderEliminar
  28. A mim não me atrai o Carnaval, com ou sem bigodes de gato... mas até achei engraçadas algumas das tuas sugestões (;

    ResponderEliminar
  29. Gosto muito do carnaval =) apesar de já algum tempo de aderir verdadeiramente à festividade, porque já algum tempo que não me disfarço. Adorei as tuas sugestões!
    Beijinho*

    http://nuancesbyritadias.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  30. O carnaval de Veneza é fabuloso! Os trajes, as máscaras.... lindo, lindo. : )

    ResponderEliminar
  31. Somos duas, não ligo nadinha ao Carnaval! Então quando Portugal tenta recriar o brasileiro, é vergonhoso! Beijinhos

    ResponderEliminar
  32. eu adoro o Carnaval... mas não o brasileiro :)

    ResponderEliminar
  33. Eu não gosto do carnaval, é como tu dizes, no brasil é tudo muito piroso e em portugal é uma imitação frustrada de lá. Há quem saia para se divertir, eu fico-me por casa.

    beijinho
    www.blogasbolinhasamarelas.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  34. Eu não ligo ao Carnaval. Acho piada ao conceito de "baile de máscaras" mas cada vez há menos. Tentamos seguir tradições que não são nossas e roçamos um bocadinho o ridículo. Bem sei que o mais importante é a diversão e bla bla bla, mas tentar adaptar o carnaval brasileiro cá, não resulta. No Brasil, goste-se ou não, faz sentido: há o samba, o calor, a tradição!

    Adorei todas as tuas sugestões e espero que sejam muito seguidas. O que mais me impressiona não são os bigodes de gato, são os trajes mínimos e bem destapadinhos que é o que mais se encontra hoje em dia. É que há trajes de carnaval que eu só usaria num encontro mais íntimo para apimentar a coisa!

    ResponderEliminar
  35. Adorei as tuas escolhas, nota 5 :)

    https://pureegold.blogspot.com

    ResponderEliminar
  36. Desculpa abri o post errado :) era o anterior que adorei o look :)

    ResponderEliminar

© Kill Your Barbies. Design by Fearne.