As melhores pizzas de Lisboa




Nisto de ser vegetariana, tem sido muito maior o ganho que a perda. Não tenho ponta de saudades de comer cadáveres (chamando os bois pelos nomes), tenho menos constipações, passei a gostar, genuinamente, de comida, e a sentir-me satisfeita no final de cada refeição, em vez de demasiado cheia e sonolenta. Em relação aos derivados, já não quero ovos e não tolero sequer o cheiro do leite de vaca. Talvez a única coisa não-vegetariana em que penso de tempos a tempos sejam as pizzas com queijo. Para quem gostava mesmo de queijo, o de origem vegetal ainda está a anos-luz em termos do sabor e consistência, e sabemos que são o queijo, o pão e o molho de tomate que fazem a pizza. Pois bem, a minha espera terminou no passado sábado - não só encontrei a melhor pizza 100% vegetariana que alguma vez comi, como a melhor pizza, assim no geral. Foi no Primo Basílico (grande nome, hein?) que a fui encontrar. 


Fica num espaço pequenino em Alfama, dos meus sítios favoritos de Lisboa devido às ruas estreitas (vá-se lá saber porquê, sou atraída por tudo o que tenha um ar ligeiramente medieval) e ambiente de bairro em plena cidade. Não fica muito longe das Portas do Sol, mas eu, que me estava a orientar pelo GPS do telemóvel, acabei por dar uma volta três vezes maior, pelo meio das preparações para os Santos Populares, até finalmente encontrar o restaurante. O conceito do Primo Basílico é o da pizza al taglio, a pizza em fatias retangulares muito comum em Itália. A massa é como gosto - fina e estaladiça, mas não tão fina ao ponto de se assemelhar mais a uma massa de wrap, como já comi em alguns resturantes não-tão-baratos em Lisboa. Preciso dos meus hidratos de carbono, gente.




No Primo Basílico encontram, além de fatias de pizza, pizza recheada, calzones doces e salgados, focaccias e arancino, um pastel de arroz frito tradicional da Sicília. Fui à hora do lanche, pelo que só pedi uma fatia de pizza, mas provei também o calzone de beringela que achei muito bom. Não tenho defeitos a apontar à minha fatia, com courgette e cebola roxa - da base à qualidade dos ingredientes, passando pelo molho de tomate, tudo contribuiu para uma pizza deliciosa. Mas a diferença encontrei-a no molho de tofu que, não sabendo a queijo, dispensa-o perfeitamente. Foi a primeira vez em que não pensei que uma pizza vegetariana me teria sabido melhor com mozzarella, e isso é dizer muito. As fatias (€2,90 cada) têm um tamanho simpático -  quando fazemos o pedido, são aquecidas no forno e cortadas em quatro pedaços - pelo que, com duas fatias e uma focaccia, temos um almoço bom e bastante acessível. Se forem numa onda de degustação, têm a opção de pedir várias meias fatias, ficando assim a conhecer uma maior variedade de sabores e combinações. As pizzas na foto são algumas das vegetarianas, havendo também opções não-veggie. Mal posso esperar para lá voltar para uma refeição mais demorada :)







8 comentários

  1. Já lá fui por acaso! As pizzas são mesmo muito muito boas!
    TheNotSoGirlyGirl // Instagram // Facebook

    ResponderEliminar
  2. Só pelo nome já tem o meu ponto positivo! :) Parecem ótimas, pela foto.

    ResponderEliminar
  3. Quando for a Lisboa já sei onde deva ir comer!!

    Beijinhos
    That Girl | FACEBOOK PAGE | INSTAGRAM | TWITTER

    ResponderEliminar
  4. Que bom que cada vez mais existe mais diversidade para quem é vegan. ;)

    ResponderEliminar
  5. Já tinha ouvido falar vagamente mas nunca tinha lido uma review mais completa sobre o espaço e depois de ler a tua fiquei completamente rendida e cheia de vontade de ir lá provar!

    ResponderEliminar
  6. Quando for a Lisboa, tenho que passar por lá...

    ResponderEliminar
  7. Que saudades do Primo Basílico *-*

    ResponderEliminar
  8. Não conhecia, mas sem dúvida um lugar a experimentar :D sou viciada em pizzas...xD
    beijinhos

    ResponderEliminar

© Kill Your Barbies. Design by Fearne.